Geralmente quando o verão se aproxima passamos a cuidar mais do nosso corpo e deixamos a pele do rosto em segundo plano. Existe também um mito de que a época de cuidar da pele do rosto é o inverno, essa ideia errônea vem do fato de que alguns tratamentos de pele mais invasivos devem ser feitos neste período do ano. No entanto, se desejamos uma pele sempre linda e saudável, os cuidados com a pele do rosto deve inclusive intensificar-se no verão pois é nesta época que ela costuma receber mais agressões.

O primeiro cuidado básico que precisamos ter é manter a pele sempre limpa e hidratada. Todavia isso não é tão simples quanto parece, vai além de tirar a maquiagem e usar um hidratante de acordo com o seu tipo de pele. É necessário ainda lavar o rosto, pela manhã e à noite com um sabonete indicado para a pele do rosto. Isso é muito importante, pois a pele do nosso rosto é mais delicada que a pele do corpo e usar o mesmo sabonete que utilizamos no restante do corpo pode ressecar e danificar a cútis. Após a higienização é interessante que se use um bom tônico adequado ao seu tipo cutâneo, a função básica deste item é equilibrar o pH da pele deixando ela mais “receptiva” aos cuidados que serão feitos a seguir. Ai sim vem o hidratante, e a pergunta que mais costumo ouvir é se é necessário usar hidratante mesmo em peles mais oleosas. A resposta é a seguinte: as pessoas costumam confundir pele oleosa (excesso de óleo, sebo produzido pelas glândulas sebáceas) com pele hidratada (de hidros, água). Geralmente a pele oleosa perde menos água para o meio por conta da barreira lipídica formada pela oleosidade, mas isso não basta para ter uma pele linda, para isso é preciso usar hidratante todos os dias e abusar do consumo de água (pelo menos 2 litros ao dia).

Após essa pequena rotina de beleza vem o cuidado primordial do verão, o filtro solar. É necessário usar todos os dias e reaplicar pelo menos duas vezes ao dia. Para facilitar a reaplicação costumo indicar para minhas clientes os filtros solares em pó, pois com eles você não necessita refazer toda a make para reaplicar o filtro. É imprescindível também que o filtro tenha FPS mínima de 40 e que tenha também PPD de +++ ou 20. Qual a diferença entre eles? O FPS mede a proteção do filtro solar frente aos raios UVB, que são os raios que causam queimaduras, vermelhidão e ardência na pele. No entanto o PPD é a medida de quanto aquele filtro nos protege dos raios UVA, e esses raios são os que causam lesões e até mesmo câncer de pele.

À noite é sempre interessante que você, após a rotina de limpeza e tonificação, utilize um bom anti-aging já a partir dos 25 anos. Pode ser um ácido suave, um antioxidante potente ou um clareador, ou até mesmo a combinação de um ou mais destes ativos.

Caso mesmo com todos estes cuidados a sua pele ainda esteja necessitando de cuidados especiais existem tratamentos que podem ser realizados em clínicas especializadas. Os tratamentos de hidratação intensiva como por exemplo a Hidratação de fios de seda, o Hidradefense e a Máscara de Ouro são excelentes opções. Pode ser realizado ainda o peeling de Vitamina C – um peeling extremamente suave mas com excelente ação clareadora, antioxidante e firmadora, uma vez que nosso organismo necessita da vitamina C para a produção de colágeno, a proteína estrutural da nossa pele. Existem ainda alguns tratamentos para rugas e manchas que são realizados com ativos permitidos durante o verão.

Para maiores informações procure-nos na Clínica BYC. Oferecemos avaliação gratuita com agendamento pelo fone (12)3911-9505.