Esta técnica, criada pelo alemão Joseph Pilates no início do século XX, virou febre há alguns anos não por acaso. Os exercícios do método permitem o trabalho de força e flexibilidade de forma concomitante com respirações profundas que garantem a diminuição do estresse. As séries são pequenas e únicas, diferentemente da maior parte dos exercícios com que estamos acostumados. Além disso, os resultados são visíveis rapidamente, como o próprio criador da técnica disse: “Com 10 sessões, você perceberá a diferença. Com 20 sessões, os outros perceberão a diferença. Com 30 sessões, você terá um corpo novo”.

Pode ser praticado dos 8 aos 80 anos e por ser orientanda por Fisioterapeutas em sessões completamente individualizadas é indicada inclusive para pessoas com condições especiais para a prática de atividades físicas como pessoas com lesões ortopédicas, idosos, gestantes e mamães com seus filhos.

Para as gestantes, a técnica busca minimizar algum eventual desconforto decorrente da gestação, como dores musculares e articulares, além de preparar o corpo da futura mamãe para o parto e para a chegada do bebê. As atividades são iniciadas após a 12ª semana de gestação, sempre com liberação médica. As recém-mamães podem fazer sessões de Pilates com seus pequenos, acelerando sua volta à atividade física (que acontecerá sempre após a liberação médica) sem precisar se separar do seu bebê. Assim, essa sessão se tornará um momento prazeroso de convivência da mamãe com seu bebê.

byc-spa-pilates-2-sjc byc-spa-burn-pilates-sjc byc-spa-pilates-1-sjc byc-spa-pilates-sjc